Situação de pescadores que esperam seguro defeso no MA é destaque



A edição deste domingo (20) mostrou uma alternativa para pecuaristas e agricultores. Mais de um bilhão de reais, são investidos no setor do agronegócio na região oeste do Estado. Para facilitar o acesso as linhas de financiamentos, pecuaristas e agricultores, no Maranhão, devem contar com um novo serviço, que visa dar mais agilidade e menos burocracia na concessão de creditos para as propriedades rurais.

Começou o período da piracema, em que a pesca comercial é proibida em todo o Maranhão, e os pescadores estão preocupados com o recebimento do seguro defeso. No estado, duas regionais fazem o serviço geral de cadastramento, mas, em todas as cidades, inclusive em Imperatriz, os pescadores devem procurar as colônias para ter um direcionamento. Toda a gestão é feita pelo INSS.
Já no Vale do Pindaré, a notícia do cadastro do seguro defeso, animou os pescadores da região. O INSS começou a receber a documentação de pescadores para pagamento do seguro defeso no ano que vem. Mas, por causa de fraudes descobertas no sistema, o cadastramento, que vale para cento e cinquenta mil pescadores no estado, está mais rigoroso.
No oeste do estado, um curso de operador de máquinas agrícolas tem gerado novas oportunidades para pessoas da comunidade na zona rural de Açailândia.


Em Carolina, no sul do estado, foi realizada uma audiência pública sobre a criação dos comitês da bacia dos rios Tocantins e Araguaia. Na região, o Rio Tocantins sofreu um grande impacto ambiental com a construção da usina hidrelétrica de Estreito.


Vídeo.






Fonte:G1MA
Situação de pescadores que esperam seguro defeso no MA é destaque Situação de pescadores que esperam seguro defeso no MA é destaque Reviewed by Romério Carvalho on domingo, novembro 20, 2016 Rating: 5